Tenho o Dom de Amar e o Privilégio de ser Amada.

21
Jul 10

Para se ter vida longa é preciso viver devagar.

Cícero

 

 

Já todos sabemos que adoro tudo o que se relacione com dança. É uma paixão inexplicável. Já repararam que quando se dança tudo o que há em nós se liberta? Esquecemos as preocupações, relaxamos, ficamos felizes e damo-nos a conhecer aos outros. Para mim, a maneira como uma pessoa dança revela muito sobre ela.

 

Sendo assim, não é de espantar que eu ontem (apesar de hoje ter de ir bem cedo trabalhar), tenha ido ver, ao Largo de São Carlos, os 5 Tangos da Companhia Nacional de Bailado.

 

Começava às 22h. Eu e o meu pai chegámos às 21h30. Estava cheio. Muito cheio. Extraordinariamente cheio.

Se eu esperava que estivesse cheio? Não.

Haviam lugares sentados, mas esses...ahahahah... esses há muito que já estavam ocupados.

Solução: Encontrar um espaço, por muito pequeno que fosse, para conseguir ver alguma coisa do palco.

Consequência: Muitas dores no pézinho magoado e no não magoado. Algumas dores de cabeça por causa das cabeçadas que me deram (Está tudo louco!! As pessoas viravam a cabeça, atiravam-na para trás sem ver se lá estava alguém!). Porém, muita felicidade por ter visto tão belo espectáculo!

A CNB ia apresentar 3 peças:

 

  • À flor da Pele - Vi muito pouco, porque tinha umas "manas" à minha frente que se estavam sempre a mexer, felizmente o meu pai reparou e deu-me o lugar dele, donde até se via muito razoavelmente. Do que vi, gostei bastante. Muito bem dançando, tanto tecnicamente como artisticamente (e não esperava eu outra coisa!)
  • Lento para Quarteto de Cordas - Vi quase todo, só não vi todo porque havia uma pequena parte do palco que não conseguia ver e sempre que os dois bailarinos lá se encontravam para mim era nicles. Fantástico, simplesmente delicioso. Um regalo para os olhos de quem lá esteve. Bailarinos simplesmente maravilhosos, com uma entrega brilhante!
  • 5 Tangos - Infelizmente, foi o único que não vi () e era o que me chamava mais à atenção. Mas houve um problema técnico, tinham de fazer um intervalo (não muito grande é certo, mas para quem tem um pé magoado seria uma eternidade) e então decidimos vir. Tive bastante pena, é claro. Adorava ter visto.

Para completar a noite, e já que ainda não tínhamos jantado, eu e o meu pai (perto das 23h30) fomos comer um hambúrguer à Destilaria, um bar que aqui há, não muito longe de nossa casa.

Cheguei a casa completamente arrasada, é certo. Mas muito contente!

Entretanto, entre arranjar-me, arranjar as coisas para hoje e tudo o meis, só me deitei já passava da 1h da manhã e hoje lá estava eu a saltar da cama às 7h...

 

Esta noite há novamente, no Largo de São Carlos, a noite de dança com a CNB, com as peças que já referi. Quem puder ir ver, que vá!

 

Beijinhos!

teoria feita por Mags às 15:13
sinto-me: Bem
tags:

Deve ter sido um espectáculo maravilhoso :D
Para mim ver espectáculos de dança é do melhor que há, então de tango...
Adoro ver aquela paixão e sedução que envolve o tango.
E sim, dançar é uma experiência completamente libertadora.
Aconselho :D
Beijos
Joana Pires a 27 de Julho de 2010 às 16:06

Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
28
29
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vamos contar o tempo...
PitaPata Dog tickers
Ajudar e...
760 50 10 95
...Prevenir!
"Orgulho naquilo em que acredito!"
pesquisar
 
"Exige muito de ti e espera pouco dos outros!"
Está verde? Podes falar!
blogs SAPO