Tenho o Dom de Amar e o Privilégio de ser Amada.

06
Dez 10
As minhas muletas deitei-as fora
(...)
A dor já não maça e eu não me canso
É cada guinada que eu até canto
Ó senhor doutor
esta doença só me dá para dançar
Faça qualquer coisa,
que eu não tenho mais razões p'ra me queixar
(...)
E o bem-estar é tanto que eu já nem posso
Ó senhor doutor
esta doença só me dá para dançar
Faça qualquer coisa,
que eu não tenho mais razões p'ra me queixar
A todo o mal do mundo dou bailarico
e até no futuro já acredito
Ó senhor doutor
esta doença só me dá para dançar
Gabo a má sorte do meu destino
E se vier a morte faz par comigo
Ó senhor doutor
esta doença só me dá para dançar
Faça qualquer coisa,
que eu não tenho mais razões p'ra me queixar
Faça qualquer coisa,
que eu não tenho mais razões p'ra me queixar
Que letra tão bonita, e que se adequa tão bem ao meu novo estado...
Declarações do médico "Isto está muito bom!"
teoria feita por Mags às 22:21

:))))
Mónica a 6 de Dezembro de 2010 às 22:57

Que bommmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm!!!!!!!!!!!!!!!!!
Jo a 7 de Dezembro de 2010 às 19:40

Ainda bem que já tens muletas rapariga!
Beijos :)
Joana Pires a 11 de Dezembro de 2010 às 18:36

Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
15
17

19
22
25

27
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vamos contar o tempo...
PitaPata Dog tickers
Ajudar e...
760 50 10 95
...Prevenir!
"Orgulho naquilo em que acredito!"
pesquisar
 
"Exige muito de ti e espera pouco dos outros!"
Está verde? Podes falar!
blogs SAPO