Tenho o Dom de Amar e o Privilégio de ser Amada.

05
Dez 10

Tem passado o dia todo a chover. Chove e faz vento. Muito vento. O dia de hoje tem sido passado a estudar. A estudar muito. Mas mesmo assim, quando faço uma pausa e olho pela janela penso.

Com o meu pijama quentinho (hoje foi dia de não o tirar!), o meu robe, e enrolada numa mantinha, com um chocolate quente nas mãos olho lá para fora. Para o meu pequeno Mundo. E penso. Penso naquilo e naqueles que não estão ao meu alcance. Naqueles que hoje, neste dia tão frio e tão triste, não têm um pijama, um robe e uma mantinha como eu. Naqueles que não têm um chocolate quente nas mãos, naqueles que não têm uma casa e uma cama onde se aninhar. E faz-me pena.

E penso também em todos esses animais pelo Mundo fora, fora do meu mesmo muito pequeno mundo, que também andam por aí, ao relento. E nesses penso ainda mais do que nos humanos. Porque esses não têm escolha. Eles não podem escolher terem uma vida de trabalho, sacrifício, tudo para terem uma casa quente onde se aconchegarem. Mas os humanos que por aí andam têm essa oportunidade, têm escolha. E apesar de ter pena, nada me faz ter o coração tão apertadinho como os cães, animais dóceis que só querem uma família.

 

 

Por favor, se têm cães, não os abandonem. Não os maltratem. Amem-nos. Respeitem-nos. Tal como eles o fazem!

teoria feita por Mags às 20:22

Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
15
17

19
22
25

27
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Ajudar e...
760 50 10 95
...Prevenir!
pesquisar
 
"Exige muito de ti e espera pouco dos outros!"
blogs SAPO