Tenho o Dom de Amar e o Privilégio de ser Amada.

16
Nov 11

"Sempre soube o que queria da vida. Nunca duvidei, nem por um segundo, da minha força, das minhas capacidades. Porque motivo se torna agora tão difícil para mim enfrentar um novo dia, levantar-me da cama e voltar a ir à luta? Deito-me lavada em lágrimas e mal acordo elas são as primeiras a acariciar o meu rosto despido de maquilhagem. Maquilhagem essa que utilizo para esconder as olheiras que teimam em não desaparecer. Rogo-te pragas. Sim, a ti que me deixaste neste estado decadente. Um fantasma vagueando pelo mundo, só e abandonada. Sem ser amada. Apetece-me arrancar do peito este músculo que se chama coração, apesar de saber que o que está estragado é a cabeça. O coração apenas reage aos estímulos cerebrais, batendo mais depressa. Se virmos bem, o amor e a paixão são apenas um conjunto de reacções químicas, uma conta matemática. Então porque motivo é para mim este bicho de sete cabeças, que me faz querer acabar com tudo?!

(...)

Está a chover lá fora. E há vento. Muito vento. Julgo mesmo que acabei de ver um relâmpago. Calço os sapatos e saio. Hoje ninguém me pára. Estou farta desta monotonia de dor. Não me apanhas noutra destas. A chuva fustiga-me o rosto, o vento faz o meu cabelo voar a seu belo prazer, acabando por me bater. As árvores vergam-se perante a força da natureza. Curiosamente, estou mais forte do que nunca! Tenho um sorriso nos lábios, a mente vazia e o coração calmo. Já nem sabia como era estar calma. Calma... Que palavra... A tua imagem não me vem à cabeça, a tua voz não me sussurra palavras ao ouvido e não sinto o toque da tua pele na minha.

Olho em frente e vejo um caminho bem delineado à minha frente. Assim que der o primeiro passo não há volta a dar. É um novo início!

Sou só eu. Eu, a chuva, o vento, a trovoada e este novo caminho à minha frente. (...)"

 

 

Não está aqui todo, porque há uma parte, que agora depois de relida, não gosto e por isso tenho de a refazer. De resto, é no que agora ando a trabalhar :) Espero que gostem!

teoria feita por Mags às 22:44
música: Bring me to Life -Evanescence
tags: ,

Quem me conhece sabe que sou um bicho raro que adora trabalhar. É quase como que um tónico. É claro que para ter tanto prazer, tem algumas condições... sou maluca mas não tanto! Tem de ser algo que me preencha e me faça sentir imensamente realizada e feliz enquanto o faço. Também quanto mais difícil de executar for, melhor! Se mo pedirem em cima da hora, com alguma urgência, para uma data que esteja mesmo próxima, isso então é a cereja em cima do bolo.

Gosto de trabalhar sobre pressão. Adoro a adrenalina de pensar que não conseguirei acabar, do esforço para cumprir os prazos e do prazer que dá quando o terminamos. É ainda melhor quando o fazemos e a pessoa que nos pediu as coisas pensava que não conseguíamos e não só conseguimos, como está perfeito. Sem incorrecções. Dá uma sensação maravilhosa de dever cumprido.

Convém dizer que é quando as coisas me saem melhor. Sobre pressão sai-me sempre TUDO melhor. É como nas apresentações dos trabalhos... Prapará-las? Para quê? Se eu sei o trabalho que fiz, não necessito de preparar uma apresentação. Quanto mais a preparar, pior é... É quando me esqueço de tudo...

 

Conclusão:

  • Não venho ao blog há... 1 mês? Mês e meio?
  • Quando aqui, finalmente, venho escrever, é para dizer que gosto de trabalhar...
  • Para além de gostar de trabalhar, gosto de trabalhar sobre pressão...
  • Trabalhar sobre pressão faz-me bem, porque é quando os trabalhos e tudo aquilo a que me proponho e a que me propõem, sai perfeito...
  • Consigo sempre entregar tudo a tempo e horas...
  • Quando não preparo as coisas e tenho de falar à frente de muita gente, sou excelente...

 

Realmente tenho de dar razão a muita gente... Eu NÃO SOU normal, lamento!

teoria feita por Mags às 21:53

Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
17
18
19

21
22
24
25
26

27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Ajudar e...
760 50 10 95
...Prevenir!
pesquisar
 
"Exige muito de ti e espera pouco dos outros!"
blogs SAPO